You Tube aqui

Loading...

quinta-feira, 22 de março de 2012

22 de Março - Dia Mundial da Água


22 de março - Dia Mundial da Água



                                   



O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Sabe-se que as reservas hídricas do nosso planeta estão comprometidas, é hora de começarmos a nos preocupar, pois grande parte da população mundial poderá ficar sem água num futuro próximo.

O objetivo principal desta data instituída pela ONU  é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

Nesta ocasião a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água”, visando despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.


Declaração Universal dos Direitos da Água
Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra. 




                                                                                                                        




Será que estamos fazendo bem a nossa parte??? 

Desde o princípio da humanidade o homem sempre se instalou próximo as margens de rios e mares, na busca de sua sobrevivência, através da pesca e da agricultura.

Para sobreviver dependemos d'água, mas com a "evolução" da humanidade, passamos a  desrespeitá - la, poluindo mananciais e desperdiçando-a.

Com a  "Declaração Universal dos Direitos da Água", a ONU tornou obrigatória, a responsabilidade de todas as pessoas do planeta em relação a qualidade d'água, bem como pela sua manutenção, garantindo assim a melhoria de vida no planeta.

No entanto acredito que  ainda há muito a ser feito, porque falta consciência, como responsáveis que somos não devemos esquecer de fazer a nossa parte, e fazer a diferença.

Não importa quem somos, o que fazemos, onde vivemos, nós dependemos dela para viver.

                                                                                                



O Rio São Francisco


Rio da integração nacional, o São Francisco, descoberto em 1502, tem esse título por ser o caminho de ligação do Sudeste e do Centro-Oeste com o Nordeste. Desde as suas nascentes, na Serra da Canastra, em Minas Gerais, até sua foz, na divisa de Sergipe e Alagoas, ele percorre 2.700 km. Ao longo desse percurso, que banha cinco Estados, o rio se divide em quatro trechos: o Alto São Francisco, que vai de suas cabeceiras até Pirapora, em Minas Gerais; o Médio, de Pirapora, onde começa o trecho navegável, até Remanso, na Bahia; o Submédio, de Remanso até Paulo Afonso, também na Bahia; e o Baixo, de Paulo Afonso até a foz.

O rio São Francisco recebe água de 168 afluentes, dos quais 99 são perenes, 90 estão na sua margem direita e 78 na esquerda. A produção de água de sua Bacia concentra-se nos cerrados do Brasil Central e em Minas Gerais e a grande variação do porte dos seus afluentes é consequência das diferenças climáticas entre as regiões drenadas. O Velho Chico – como carinhosamente o rio também é chamado – banha os Estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas. Sua Bacia hidrográfica também envolve parte do Estado de Goiás e o Distrito Federal.  ( 360graus.terra.com.br)


Nós e o Velho Chico









Essas fotos foram tiradas às margens do Rio São Francisco em Paulo Afonso - BA


Fontes de pesquisa: http://www.brasilescola.com/, http://www.suapesquisa.com/, 360graus.terra.com.br

Até a próxima! Bjks, Rita De Carli


4 comentários:

  1. Adorei... tava falando nisso aqui a pouco, hoje dia da água e ninguém falou sobre isso na escola... quando eu tinha sala de aula sempre falava, levava crianças pra visitar a corsan.. é preciso conscientizar nossos alunos!!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fernanda!

      Eu também sempre procurava trabalhar este tema...
      Inclusive uma vez, acho que foi na escola do Barranco, levei um filme muito bom, cujo nome não lembro no momento, que tratava deste tema, era com SandY e Junior, levava à refexão de como seria um mundo sem água... Bjks

      Excluir
  2. Olá! E temos também 70% de água no nosso corpo. Belas fotos no velho chico

    ResponderExcluir