You Tube aqui

Loading...

quarta-feira, 14 de março de 2012

14 de março - Dia Nacional da Poesia

A poesia brasileira ganhou este dia específico, ( embora o dia internacional seja 21/3, data instituída pela UNESCO) em homenagem ao poeta brasileiro Antônio Frederico de Castro Alves (1847 - 1871), que  nasceu em 14 de março.



Poeta este, que ficou conhecido como o "Poeta dos Escravos", pois lutou muito pela abolição da escravatura. Sua indignação ficou registrada na poesia: "Navio Negreiro". Era  um grande defensor do sistema republicano de governo,  era a favor que o povo elegesse seu presidente através do voto direto e secreto.
Destacou-se também pelos seus poemas líricos, que mais tarde foram considerados os mais lindos do Brasil. Era um jovem bonito e dono de uma voz marcante e forte, foi admirado pelos homens e despertava  a paixão das mulheres, registradas em seus versos.

MARIA


Onde vais à tardezinha,
Mucama tão bonitinha,
Morena flor do sertão?
A grama um beijo te furta
Por baixo da saia curta,
Que a perna te esconde em vão...

Mimosa flor das escravas!
O bando das rolas bravas
Voou com medo de ti!...
Levas hoje algum segredo...
Pois te voltaste com medo
Ao grito do bem-te-vi!

Serão amores deveras?
Ah! Quem dessas primaveras
Pudesse a flor apanhar!
E contigo, ao tom d’aragem,
Sonhar na rede selvagem...
 À sombra do azul palmar!

Bem feliz quem na viola
Te ouvisse a moda espanhola
Da lua ao frouxo clarão...
Com a luz dos astros — por círios,
Por leito — um leito de lírios...
E por tenda — a solidão!


Outo poema que  também gosto é O Touro e a Sucuri

O touro e a Sucuri

Assim dir-se-ia que a caudal gigante
Larga sucuruiaba do infinito
... Co'as escamas das ondas coruscantes
Ferrara o negro touro de granito!...
Horrido, insano, triste, lacerante
Sobe do abismo um pavoroso grito...
E medonha a suar a rocha brava
As pontas negras na serpente crava!





" Touro e a Sucuri - Chesf - Usina de Paulo Afonso - Bahia
A História desta escultura está relacionada com as transformações feitas pelo homem para desviar o curso do Rio São Francisco, aproveitando suas quedas dáguas. É um obra de Diocleciano Martins de Oliveria inspirada no poema de Castro Alves. No monumento, a força da natureza é representada pela Sucuri e o esforço do homem representado pelo Touro, que através da técnica tenta dominá-la."
 
 
 
 
Em setembro do ano passado (09/2011), tivemos a oportunidade de conhecer as Cachoeiras de Paulo Afonso, e lá também tem uma estátua de Castro Alves, em sua homenagem. Gostaria de ter postado a foto, mas estava na minha HD externa que deu problemas. Tomara que eu não perca estas fotos!
 
Mas como estamos aqui pelo dia da poesia, também resolvi fazer a minha:
 
 
Poesia pelo Dia Nacional da Pesia
 
A poesia
Esta que sempre se faz presente em nossas vidas.
Embora muita gente diga
Que não goste de poesia,
As canta nas letras das músicas
Sem se dar conta do que se trata.
Poesia com rima, pobre ou rica
O importante é a mensagem que fica.
Poesia sem rima, também é poesia
E faz parte do dia-a-dia.
Então como viver sem poesia???
Poesia livre sem se preocupar
Com o que o outro vai pensar...
Poesia é para viver,
Poesia é para sonhar!
           
                                      Rita de Carli
 
 
Estou um tanto quanto envergonhada, porque pela primeira vez estou mostrando o que escrevo...
Acho que tomei  coragem e busquei inspiração pelo dia de hoje, ou seria ontem? Nem sei que horas são.
 
Bjks, até a próxima!
Rita De Carli
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário