You Tube aqui

Loading...

sábado, 31 de março de 2012

Pato ao molho branco

                           Pato ao molho branco


                  


O marido chega em casa às 18h e diz à mulher que teria uma reunião às 22h, mas que ele não iria pois considerava isso um absurdo. Mas a mulher, preocupada com o marido, o convence de que o trabalho é importante.

O maridão esperto então vai tomar um banho para se preparar e pensa: "Foi mais fácil do que eu pensava!".

Como toda mulher, quando o homem entra no banho ela revista o bolso de seu paletó e encontra um bilhete onde estava escrito:

"Amor, estou esperando por você para comermos um pato ao molho branco
Beijão, Sheila"


Quando o marido sai do banho encontra sua mulher com uma camisolinha transparente, sem calcinha, toda fogosa, deitada de bruços. O marido, ao ver aquela bundinha sob a transparência não resiste e cai matando. A mulher lhe dá um trato completo e ele, exausto, vira pro lado e adormece.

Quando vai chegando à hora, a mulher acorda o marido, que não quer mais ir à reunião, mas, novamente, ela o convence da importância do trabalho.

Ao chegar na casa da amante, o cara está arrasado. Cansado, diz a ela que havia trabalhado muito e que só iria tomar um banho e descansar um pouco.

Como toda mulher, ao entrar no banho ela revista o bolso de seu paletó, e encontra um bilhete onde estava escrito:

"Querida Sheila, o pato foi, mas o molho branco ficou todo aqui
Beijão, A Esposa"

  
 Fonte:  Clicrbs .com.br

                                                                                                             

Foi só para descontrair um pouquinho!!!! Rsrsrs

Prometo que a próxima receita, vai ser de verdade, vou trazer uma sugestão para Semana Santa: Peixe ao molho branco e alcaparras.


         Até a próxima!!!    Bjks, Rita De Carli

Patchwork e a Páscoa

                                       Patchwork e a Páscoa

O artesanato feito com Patchwork requer habilidade manual e paciência. O trabalho tem uma história antiga e que viajou o mundo, sendo elaborado por vários países, como o Egito, Alemanha e a Inglaterra. Antigamente eram produzidos tapetes e acolchoados com essa técnica, hoje em dia ela pode ser usada com diversas finalidades, inclusive para complementar um artesanato como pano de prato, toalha e demais itens.
Então  que tal aliar esta técnica antiga  ao tema da Páscoa??? O resultado é...
Vejam com os próprios olhos e me digam o que acharam.

Vou trazer hoje aqui, o trabalho executado pela amiga e artista plástica Simoni Bet, para divulgar o seu trabalho e para que sirva de inspiração, para quem (como eu) gosta de patchwork.
Por isso aproveite para se inspirar e começar a preparar os seus trabalhos,  pois ainda dá tempo.


                   Olha este trilho para enfeitar a sua mesa nessa páscoa?


E ele ainda poderá ser usado depois da Páscoa... Que tal criar jogos americanos??




E este Panô, que coisa mais linda!







Uma figura simples e meiga esse coelho. Use ele para enfeitar peça infantil,  roupa, almofada, fronha ou até uma manta.






Esta almofada é um encanto e serve para enfeitar a sala ou o quarto em qualquer época!!!






E para finalizar essa almofada, foi amor a primeira vista, fiquei encantada por ela!!!



Coelho e ovo é uma combinação infalível para encantar seus artesanatos nessa Páscoa. Seja para decorar a sua casa ou para presentear alguém, esse é um molde que vai agradar.




                                           Corra que ainda dá tempo!!!!!!!!!




Trabalhos executados pela artista plástica Simoni Bet.
Para adquirir os produtos basta entrar em contato pelos telefones (53) 8423 8081 ou (53) 8414 3302 ou via Facebook: Art Simoni   - Pagamento bancário


                                                                                                                                            


                             Até a Próxima!!!!       Bjks Achocolatadas, Rita de carli

quinta-feira, 29 de março de 2012

MEME MUSICAL

  MEME MUSICAL


Está rolando nos blogs uma onda de Meme Musical.
já visitei vários e encontrei posts, um mais lindo do que o outro!A regrinha desse Meme, é dedicar 7 músicas a 7 blogs amigos, mas não me sentia a vontade em compartilhar por... 
Até que passei pelo  blog: http://blogdmulheres.blogspot.com.br/, da minha amiga Sheyla e dizia o seguinte:


"...mas como não me sinto à vontade em escolher 7 blogues, dentre muitos tão queridos, amados e que curto bastante, então venho dedicar esta apresentação a todos que passarem por aqui !"


E dedicou:


ORQUESTRA POPULAR DA BOMBA DO HEMETÉRIO
MAESTRO FORRÓ



Rítmo contagiante, que dá vontade de sair pulando pela casa, a Cara de Pernambuco! Adorei!




Depois de dedicado a todos que passassem pelo seu blog, agora me sinto à vontade em compartilhar.

Como sou muito eclética em relação à música,  vou também fazer diferente, quero compartilhar 7 apresentações  que gosto, com todos que por aqui passarem. E ficarei muito feliz se me deixarem um recadinho dizendo o que acharam!

Para começar, a primeira apresentação é a cara do meu blog, porque desejos de mulher é desejar tudo o que é bom!
 Descobri essa cantora por acaso no Facebook, em um post de uma amiga: Zuca Parobé, não tive mais dúvida, era o que eu queria lhes dizer, era o que eu desejo de coração para vocês.  Desde então me apaixonei por essa música e pela voz dessa mulher, porque ela é capaz de expressar tudo o que eu sinto!

"Poesia já é algo sublime e quando ela se junta à música a magia se realiza em todos os sentidos."


Aos meus queridos amigos : " Eu te desejo vida longa vida, te desejo a sorte de tudo que é bom, de toda a alegria ter a companhia colorindo a estrada em seu mais belo tom. Eu te desejo a chuva na varanda molhando a roseira pra desabrochar, e dias de sol pra fazer os teus planos nas coisas mais simples que se imaginar..."
Assim, ouçam esse poema interpretado por Flávia Wenceslau, que me encantou e sei que também vai lhes tocar a alma e o coração:


                                                  Flávia Wenceslau EU TE DESEJO


                                                              Lindo! Não é mesmo???



                         Se tiverem "Paciência", agora assistam Lenine e Milton Nascimento:




"o mundo vai girando cada vez mais veloz,  a gente espera do mundo e o mundo espera de nós..."
Fantástica apresentação de Lenine, Minton Nascimento e o grupo Ânima!!!



Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores



                                            "Atitude eh a maior virtude;
                                                 Comodismo eh o maior defeito."






                   Um pouquinho da minha juventude:  Guns N' Roses - Knocking on heaven's door 
  

Bate, bate, bate na porta do céu!!!  

                  

Amelinha - Mulher nova bonita e carinhosa

 

"Quem não ama o sorriso feminino desconhece a poesia de Cervantes..."



Fagner canta "Romance no deserto"

                                                                                 
"Me abraça minha vida, te levo em meu cavalo e logo no paraíso estaremos..."
Adoro!!!



Para finalizar, eu não poderia deixar de apresentar aqui a música da minha terra: Um dos grandes clássicos do cancioneiro gaúcho na voz de quatro cantoras, que juntas formam: as Mulheres Pampenas.



Raízes do Sul - Mulheres Pampeanas - Canto dos Livres



" A vida é mais do que pranto, é um sonho, com matizes sonoros..."


Esta foi a minha apresentação do Meme Musical, confesso que foi muito difícil fazer a seleção destas sete apresentações, porque tinha tanto mais que eu gostaria de compartilhar com vocês, espero que tenham gostado, ao menos de algum... Eu falei no começo que sou bastante eclética!!!


Até a próxima!!! Bjks, Rita De Carli

quarta-feira, 28 de março de 2012

Morre Millôr Fernandes



Mais uma grande perda para o humor brasileiro

O escritor, desenhista, dramaturgo, jornalista, e tradutor Millôr Fernandez, morreu na noite desta terça-feira, por volta das 21h, em sua residência em Ipanema, Zona Sul do  Rio de Janeiro.Segundo Ivan Fernandes, filho do escritor, ele teve falência múltipla dos órgãos.
De acordo com a família, o velório está marcado para esta quinta-feira (29), das 10h às 15h, no cemitério Memorial do Carmo, no Caju, na Zona Portuária. Em seguida, o corpo será cremado.



Ainda jovem, começou a ler quadrinhos (aos quais, mais tarde, se referiria sempre como sua "maior influência intelectual") e, logo, a fazer tiras e desenhos
Foto: Ana Branco / Agência O GLOBO

Nascimento / Falecimento
27/05/1924 / 27/03/2012 (87 anos)

Millôr foi um raro artista que obteve grande sucesso, de crítica e público, em todas as áreas em que se atreveu trabalhar.

A  postura ávida de Millôr pela vida que ele teve de deixar provavelmente a contragosto, hoje está em um dos últimos livros sobre o autor lançados recentemente. No primeiro trimestre de 2011, a L&PM lançou Millôr Fernandes: A Entrevista (L&PM 104 páginas, R$ 22.), reedição em livro de uma extensa conversa entre o gênio Millôr e os então jovens homens de imprensa Ivan e José Antônio Pinheiro Machado, Paulo Lima, José Onofre e Jorge Polydoro. Os três primeiros seriam fundamentais para a criação da L&PM. José Onofre e Polydoro tornaram-se nomes referenciais do jornalismo do Estado do Rio Grande do Sul.

                                               

Na entrevista,  Millôr fala sobre sua trajetória, sobre a política e o cenário de um Brasil numa era pré- internet e até pré- democracia, uma vez que ainda vigorava a ditadura militar no país.


Charges





O escritor e cartunista Millôr Fernandes morreu nesta terça-feira aos 88 anos. Ele sofreu um acidente vascular cerebral em sua casa, em Ipanema, na Zona Sul do Rio, na última madrugada
Foto: Reprodução

Charge de Millôr Fernandes sobre o Rio de Janeiro, cidade onde viveu Reprodução / Site oficial
Vão Gogo, personagem de Millôr veiculado por duas décadas na revista 'O Cruzeiro' Foto: Reprodução / Site oficial
Vão Gogo, personagem de Millôr veiculado por duas décadas na revista 'O Cruzeiro' Reprodução / Site oficial
Charge de Millôr Fernandes sobre os hippies Foto: Reprodução / Site oficial
Charge de Millôr Fernandes sobre os hippies Reprodução / Site oficial
Millôr era muito crítico sobre o Rio de Janeiro, sua cidade natal Foto: Reprodução / Site oficial
Millôr era muito crítico sobre o Rio de Janeiro, sua cidade natal Reprodução / Site oficial
A política foi assunto recorrente na vida de Millôr Foto: Reprodução / Site oficial
A política foi assunto recorrente na vida de Millôr Reprodução / Site oficial
Charge política de Millôr Fernandes Foto: Reprodução / Site oficial
Charge política de Millôr Fernandes Reprodução / Site oficial
Charge de Millôr Fernandes Foto: Reprodução / Site oficial
Charge de Millôr Fernandes Reprodução / Site oficial
O jornalismo também era um dos alvos preferidos do escritor Foto: Reprodução / Site oficial
O jornalismo também era um dos alvos preferidos do escritor Reprodução / Site oficial
A crítica social também estava presente na extensa obra de Millôr Foto: Reprodução / Site oficial
A crítica social também estava presente na extensa obra de Millôr Reprodução / Site oficial
Charge 'Mimetismo' Foto: Reprodução / Site oficial
Charge 'Mimetismo' Reprodução / Site oficial
Mais crítica social na obra de Millôr Foto: Reprodução / Site oficial
Mais crítica social na obra de Millôr Reprodução / Site oficial
Charge de Millôr Foto: Reprodução / Site oficial
Charge de Millôr Reprodução / Site oficial
Obra 'Millôr e as palavras' Foto: Reprodução / Site oficial
Obra 'Millôr e as palavras' Reprodução / Site oficial
Charge de Millôr Fernandes Foto: Reprodução / Site oficial
Charge de Millôr Fernandes Reprodução / Site oficial
Auto-retrato de Millôr Fernandes Foto: Reprodução / Site oficial
Auto-retrato de Millôr Fernandes Reprodução / Site oficial

Charge política de Millôr Fernandes Foto: Reprodução / Site oficial




A crítica social também estava presente na extensa obra de Millôr Foto: Reprodução / Site oficial





                              Vídeos:


                          38 Máximas de Millôr Fernandes:




TV Cultura - Roda Viva _ Millôr Fernandes







  Repercussão da morte :

Cartunistas, jornalistas e famosos  lamentam a morte de Millôr Fernandes

Vejamos alguns depoimentos:

Laerte - cartunista: "Minha vida cresceu na luz do Millor. Fui apresentado a ele, fiquei emocionado. É uma das marcas mais importantes da cultura brasileira na questão do humor. Ele era uma entidade, já tem uma posição muito sólida e estável. Não existe uma área da cultura que ele não tenha visitado: teatro, literatura, música, artes plásticas. O cara era uma figura que se expandiu sobre todas as possibilidades da cultura. Politicamente, ele era uma pessoa conservadora. É meio 'abalante' você assistir a morte de dois grandes nomes do humor e da cultura, Chico e Millôr".



 Arnaldo Jabor (em depoimento à Globo News): "Fico espantado que em poucos dias morreram dois dos maiores humoristas do Brasil, num país em que o humor não está com o mesmo vigor que tinha. O bom humorismo é o que eles faziam, que virava pelo avesso o comportamento brasileiro. E, pelo avesso do espelho, a gente via o país de uma maneira muito mais clara. Os dois têm o mérito de ter mostrado durante todos esse anos o lado risível da nossa vida."



Paulo Caruso, cartunista (em depoimento à Globo News) - "Foi o mestre mais importante da minha geração, o cara mais influente. Começou também garoto, trabalhando em redação. Teve que se virar sozinho muito cedo, ficou órfão de pai e mãe muito jovem. Desenvolveu uma agiliadde mental muito rapidamente. Sempre teve um trabalho que se aproximava do plástico, uma coisa sofisticadíssima. Podemos dizer que era um deus pra gente. Sabia muito bem como ir pulando de uma coisa para outra. Queria deixar todo mundo corformado. Foi um mestre mais importante da minha geração, o cara mais influente. Foi lá assistir o Chico Anysio diretamente."


Sérgio Augusto, escritor e jornalista (em depoimento à Globo News): "Eu o achava a inteligência mais fulgurante do Brasil. Nosso maior frasista, e de frases realmente lapidares. Ele tinha um domínio da língua portuguesa e ele buscava a perfeição. O humor escrito precisa de um tempo. Ele dizia que jamais gastava onze palavras onde cabiam dez. Ele era um grande tradutor também. Ele ia se chamar Milton Fernandes. O juiz esqueceu-se de passar um risco no te virou Millôr Fernandes."


Marcelo Madureira (em depoimento à Globo News): "Sempre foi um cara muito cioso da profissão de humorista. Mostrou que humorista é um intelectual, na verdade, e com muita coragem. Deu a sua contribuição. Poderia ter ficado mais entre nós, mas viveu. Estou realmente muito emocionado."




No Twitter, famosos lamentaram a morte de Millôr Fernandes:


Evandro Mesquita, músico e ator - "Morre Millor, melhor do humor. A Terra tem ficado mais triste. E tem uns maus políticos que não pegam nem resfriado..."
Ricardo Amorim, do "Manhattan connection" - "Para levar o Chico Anysio e o Millôr Fernandes em menos de uma semana, desconfio que Deus estava precisando rir."
Datena, apresentador - "Em menos de uma semana mestre Chico Anysio e, agora, Millôr nos deixaram. Só podemos lamentar e reconhecer que foram verdadeiros gênios!"
Cristiana Oliveira, atriz - "Vai com Deus mestre,filosofo,transgressor,polemico,genio,homem de luz!"
Ritchie, músico - "Perder o Chico e o Millôr numa semana só é uma baita falta de humor."




                                                          Rita De Carli


                                                                                                                                           


Até a próxima! Bjks, Rita De Carli

sexta-feira, 23 de março de 2012

Morte do humorista Chico Anysio

23 de março de 2012 -  Está nos deixando hoje o maior humorista do Brasil -  Chico Anysio (* 12/04/1931  + 23/03/2012)


Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho



"Eu não tenho possibilidade de consertar nada, mas eu tenho a obrigação de denunciar tudo, porque essa é a obrigação primeira do humorista. Humor é tudo, até engraçado..."


Chico Anysio, estava internado no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, lutava desde dezembro contra o agravamento de problemas cardiorrespiratórios .O estado de saúde do humorista era considerado crítico: além de ter sido submetido a uma punção torácica,  estava sedado, respirava com a ajuda de aparelhos e vinha fazendo sessões de hemodiálise.
 Hoje por volta das  15:00 horas, o boletim médico informou que ele não resistiu a uma parada cardiorespiratória e a morte ocorreu por conta de falência múltipla dos órgãos decorrente de choque séptico causado por infecção pulmonar.




                                                                                                                                             
                                                                                                                                            


 Em sua genialidade, Chico Anysio escreveu em seu blog poesias e comentários sobre coisas do cotidiano e da vida. Em uma poesia e uma crônica, postadas em 31 de março de 2008 e 11 de novembro de 2008, respectivamente, ele mostra pensamentos que o caracterizam além das câmeras, após a descoberta da doença.


Leia abaixo os dois textos na íntegra.

VIDA E MORTE

Por esses caminhos rudes
que o Destino nos impõe,
entre defeitos, virtudes,
tudo o mais que se compõe,
Morte e Vida se encontraram
e logo reconheceram
quem eram. E se falaram
de coisas que ocorreram.

"Como é que vai essa vida ?"
- perguntou a Vida à Morte.
"Está sendo bem servida ?
Como é que anda esta sorte ?"
A Morte então respondeu:
"Vou vivendo sem reclamos.
Carregando quem morreu
e por outros que chamamos.

E você, que é que me conta
antes que um dia eu te corte ?"
"Viver hoje é um faz-de-conta,
porque a vida é de morte.
Doenças, vírus, bacilos,
desastres em profusão,
os corpos, nos seus vacilos,
provocando infecção...

Mas dá pra espichar os dias
de ficar por esse mundo".
"Não são as más companhias
que te carregam pro fundo ?"
"Não, não" - respondeu a Vida
com um pequeno sorriso.
"Eu sou mesmo uma perdida
que nem vive o que é preciso".

A Morte, então, num deboche,
disse à Vida: "Até um dia...".
A vida é mero fantoche
da Morte e, com tirania,
carregando o seu cajado
que simboliza o poder,
deixou a Vida de lado
pra mais um pouco viver.

A Vida, que sabe ter
um tempo certo na Terra,
soube, astuta, se conter
(o seu semblante até cerra).
Depois que a morte sumiu
com sua carranca adunca,
a Vida ao seu Deus pediu:
"Que a Morte não viva nunca !"


COMO A VIDA DEVIA SER

Eu acho que o ideal seria que as pessoas nascessem velhas e morressem crianças. O homem nasceria com 90 anos, ia ficando mais moço, mais moço, até morrer de infância.
Nascendo com 90 anos, você aos 65 se casaria com uma mulher de 59, mas e a recompensa? A cada dia, a cada semana, a cada mês, ela ia ficando mais nova, mais nova, até se transformar numa gata de 20.
Entendeu? E, depois do casamento, vocês dois ficariam noivos, seriam namorados, até chegar ao amor infantil, branco e desinteressado... mãos dadas... (no máximo) e apagando das árvores, os corações entrelaçados.
Você nasceria rico, aposentado e sábio. Começaria a ganhar cada vez menos... até entrar para a Faculdade para ir desaprendendo tudo e ir ficando mais ingênuo e mais puro. Depois a bicicleta, o velocípede, desaprenderia a andar, esqueceria como engatinhar, o voador, o cercadinho... do cercadinho pro berço, as fraldinhas molhadas, três gotas de Otalgan para a maldita dor de ouvido, o chá de erva doce para a dorzinha de barriga...a mamadeira de água, o peito da mãe e, num dia qualquer, pararia de chorar.
Com o tempo correndo para trás, a humanidade regrediria nos séculos até aparecer o último homem: Adão. Último-primeiro quando então, pegando-o na mão, ao invés de soprar sobre ele Deus inspiraria o homem outra vez para dentro de si mesmo. (http://brasil247.com/pt/247/rio247/49206/Em-seu-blog-Chico-Anysio-deixou-textos-que-falam-do-cotidiano.htm)


                                                                                                                                             
                                                                                                                                             



O maior humorista do Brasil, nasceu em Maranguape, Ceara no dia 12 de abril de 1931, tinha  80 anos de idade e 65 anos de carreira, por causa de um par de tênis, foi destaque na televisão, no teatro, no rádio e no cinema. Criou  mais de 200 personagens, para ser mais precisa, 209 sendo os mais famosos : o Professor Raimundo, a gaúcha Salomé, Nazareno, Tavares, Haroldo, Coalhada, Bento Carneiro – “o vampiro brasileiro” – e o galã Alberto Roberto.



 Vamos relembrar assistindo alguns vídeos: 


                            Professor Raimundo ( Chico Anysio) e Rolando Lero (  O saudoso Rogério Cardoso)


                                       

                                    Professor Raimundo falando com a presidente Dilma - Com o telefone emprestado da Salomé:

                                                                        



                                                        A gaúcha Salomé falando com a presidente Dilma:






                                                      Homenagem a Chico Anysio:






                                Chico Anysio no Fantástico - O que eu vi da vida:




  


                                    Homenagem do Fantástico ao humorista:










Descansa em paz Chico! Com certeza a denúncia através do humor continuará, mas nunca mais será a mesma!!! - Rita De Carli



O Velório  do humorista acontecerá no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e o corpo será cremado no Cemitério do Caju.

Neste sábado 24/03, depois do Big Brother Brasil, a tv Globo estará reapresentando o especial: Chico e Amigos.                                                                               





                                                                                                                                           
                                                                                                                                           


Até a próxima! Bjks, Rita De Carli

quinta-feira, 22 de março de 2012

22 de Março - Dia Mundial da Água


22 de março - Dia Mundial da Água



                                   



O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Sabe-se que as reservas hídricas do nosso planeta estão comprometidas, é hora de começarmos a nos preocupar, pois grande parte da população mundial poderá ficar sem água num futuro próximo.

O objetivo principal desta data instituída pela ONU  é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

Nesta ocasião a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água”, visando despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.


Declaração Universal dos Direitos da Água
Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra. 




                                                                                                                        




Será que estamos fazendo bem a nossa parte??? 

Desde o princípio da humanidade o homem sempre se instalou próximo as margens de rios e mares, na busca de sua sobrevivência, através da pesca e da agricultura.

Para sobreviver dependemos d'água, mas com a "evolução" da humanidade, passamos a  desrespeitá - la, poluindo mananciais e desperdiçando-a.

Com a  "Declaração Universal dos Direitos da Água", a ONU tornou obrigatória, a responsabilidade de todas as pessoas do planeta em relação a qualidade d'água, bem como pela sua manutenção, garantindo assim a melhoria de vida no planeta.

No entanto acredito que  ainda há muito a ser feito, porque falta consciência, como responsáveis que somos não devemos esquecer de fazer a nossa parte, e fazer a diferença.

Não importa quem somos, o que fazemos, onde vivemos, nós dependemos dela para viver.

                                                                                                



O Rio São Francisco


Rio da integração nacional, o São Francisco, descoberto em 1502, tem esse título por ser o caminho de ligação do Sudeste e do Centro-Oeste com o Nordeste. Desde as suas nascentes, na Serra da Canastra, em Minas Gerais, até sua foz, na divisa de Sergipe e Alagoas, ele percorre 2.700 km. Ao longo desse percurso, que banha cinco Estados, o rio se divide em quatro trechos: o Alto São Francisco, que vai de suas cabeceiras até Pirapora, em Minas Gerais; o Médio, de Pirapora, onde começa o trecho navegável, até Remanso, na Bahia; o Submédio, de Remanso até Paulo Afonso, também na Bahia; e o Baixo, de Paulo Afonso até a foz.

O rio São Francisco recebe água de 168 afluentes, dos quais 99 são perenes, 90 estão na sua margem direita e 78 na esquerda. A produção de água de sua Bacia concentra-se nos cerrados do Brasil Central e em Minas Gerais e a grande variação do porte dos seus afluentes é consequência das diferenças climáticas entre as regiões drenadas. O Velho Chico – como carinhosamente o rio também é chamado – banha os Estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas. Sua Bacia hidrográfica também envolve parte do Estado de Goiás e o Distrito Federal.  ( 360graus.terra.com.br)


Nós e o Velho Chico









Essas fotos foram tiradas às margens do Rio São Francisco em Paulo Afonso - BA


Fontes de pesquisa: http://www.brasilescola.com/, http://www.suapesquisa.com/, 360graus.terra.com.br

Até a próxima! Bjks, Rita De Carli


quarta-feira, 21 de março de 2012

Dia Internacional sa Síndrome de Down

Dia Internacional da Trissomia 21

Hoje, dia 21 de Março é o dia Internacional da Trissomia 21. Este ano, pela primeira vez, comemora-se este dia como um dia oficial reconhecido pela ONU.

Por que o dia 21/3?

A data foi instituída pela Down Syndrome International (DSI), entidade que congrega associações de Trissomia 21 ou Síndrome de Down de todo o mundo em alusão aos 3 cromossomas número 21 que cada pessoa com T21 tem (21/3).
 
Assista ao menos um dos vídeos, vale a pena!!!
 
 
 
 
 

  
                                     



            




                                                                                                                                              





 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Retrocesso na Educação Inclusiva: Decreto afronta a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e volta com a Educação Especial

A Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down, FBASD, que reúne 65 filiadas em todas as regiões do Brasil, vem à público externar o seu repúdio ao Decreto 7611/2011, que revoga o Decreto 6571/2008, que estabelece as diretivas para a educação dos estudantes com deficiência na escola regular, em desacordo com os princípios da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e, portanto contra Constituição Federal.
Considerando o importante trabalho que o Ministério da Educação vinha fazendo ao consolidar a Política de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, é inaceitável o retrocesso apresentado pelo referido novo Decreto.
Está comprovado em inúmeros estudos nacionais e internacionais que a educação inclusiva é muito mais benéfica, tanto aos alunos com deficiência quanto àqueles sem deficiência, do que a segregação em escolas especiais.
Não é possível construir um país inclusivo sem a inclusão escolar, porta para a cidadania de todo estudante.
Desde a Declaração de Salamanca, adotada em 1995 pela ONU, o país deveria  ter se preparado para a transição dos alunos das escolas especiais para a regular. Com atraso, o MEC, no governo do Presidente Lula, envidou esforços para que isso fosse acontecendo gradualmente, com grande sucesso.
A FBASD não admite restrição do direito inalienável à educação de nossos filhos, e urge a revisão dos Decreto 6571/2008 para que garanta que todas as crianças frequentem a mesma escola, como diz a Constituição. (http://www.federacaodown.org.br/)
 
 
 
                                                                                                                                               
 
 
ESTA É UMA HOMENAGEM À TODAS AS CRIANÇAS QUE DEUS FEZ DE UMA FORMA ÚNICA E EXCEPCIONAL.
 
 
Até a próxima!!! Bjks, Rita De Carli